"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

11/04/2018 19:16 - Administrativos da Rede Estadual de Ensino em greve, realizaram manifestação nesta quarta (11), em Amambai

A manifestação ocorreu no periodo da manhã, na praça Coronel Valêncio de Brum
 
Amambai (MS)- Durante a manhã desta quarta-feira (11), servidores administrativos da Rede Estadual de Ensino em Amambai estiveram reunidos na praça Cel. Valêncio de Brum manifestando descontentamento com o Governo Estadual, referente ao não atendimento as suas reivindicções. O ato faz parte da mobilização grevista que abrange os servidores administrativos que atuam na rede de ensino, em todo estado.
 
Durante a manifestação, os trabalhadores levantaram cartazes e expuseram suas reivindicações às pessoas que por ali passaram.
 
Para a funcionária administrativa Maria Tânia Ximenes, que atua há 19 anos como servidora do estado, a manifestação é válida porque ressalta a força dos trabalhadores.
 
"Nós sempre estivemos envolvidos nas paralisações dos professores, mas agora chegou a nossa vez, agora é a nossa luta e não podemos desistir, temos que mostrar que também somos unidos e que juntos, temos força", afirmou a servidora.
 
De acordo com o presidente do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação Básica (Simted) de Amambai, professor Humberto Vilhalva, Amambai conta hoje com cerca de 80 funcionários administrativos do estado e todos paralisaram suas atividades.
 
Reivindicação
 
As reivindicações apresentadas pela categoria são: Incorporação em 2018 do abono salarial à carreira profissional de Educação Básica e apoio à Educação Básica, previsto na Lei número 4.868/2016.
 
A categoria afirma que são responsáveis pelos serviços de manutenção, limpeza, merenda e do funcionamento burocrático das secretarias das Escolas Públicas Estaduais e continuam com salario base menor que o valor do salário mínimo vigente no país.
 
Movimentação
 
A greve foi deflagrada nessa terça-feira (10) em todo estado, mas a movimentação iniciou já na semana anterior e na segunda-feira, 9 de abril, a direção do Simted de Amambai organizou uma reunião para repassar aos servidores informações sobre o processo de reivindicações da categoria.
 
Para amanhã, quinta-feira (12), os trabalhadores programaram uma panfletação em frente as escolas estaduais no município nos horário de entrada e saída de alunos, para que estes entendam a luta travada pelos profissionais e possam prestar apoio a categoria.
 
Escolas de Amambai já sentem a falta dos servidores
 
Contatada pela reportagem do jornal eletrônico Amambai Notícias, a direção de uma das escolas da rede estadual de ensino, a Dom Aquino Côrrea, afirmou que a comunidade escolar já tem sentido a falta dos profissionais em greve, principalmente os responsáveis pela limpeza e manutenção da escola.
 
"Em relação ao lanche, nós não estamos servindo e os alunos têm trazido de casa, o que mais tem sido difícil pra nós, é realmente a limpeza, em especial dos banheiros. Mesmo tendo conversado com os alunos, está difícil manter", afirmou o diretor adjiunto, Altamir dos Santos.

Assessoria Simted de Amambai