"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

04/04/2018 18:44 - AL aprova revisão geral de salário de 3,04% aos servidores/as de MS e Governo tenta aprovar emenda que previa uma falsa Incorporação do Abono e FETEMS e Fórum dos Servidores impedem a aprovação

Governo tenta enganar servidor/a apresentando emenda de deputado que previa uma pseuda Incorporação do Abono. Isso é inconstitucional!

A mobilização liderada pela FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), ontem (03 de abril), na Assembleia Legislativa, na Audiência Pública 'Por uma Carreira que Valorize os/as Administrativos da Escola Pública', com a participação de mais de 1200 Trabalhadores/as Administrativos em Educação, para discutir a pauta salarial continuou esta manhã (04 de abril), na Casa de Leis, com os demais sindicatos liderados pela FETEMS.

A FETEMS e os demais sindicatos conseguiram impedir que o Governo do Estado aprovasse uma Emenda, que previa a pseuda Incorporação do Abono para o próximo ano. Na verdade, a manobra do Governo do Estado com essa emenda, sendo assinada por um deputado e não pelo Governador Reinaldo Azambuja (PSDB), seria mais uma farsa com os Trabalhadores/as Administrativos em Educação de Mato Grosso do Sul.

O conteúdo da emenda não garante de fato a Incorporação do Abono, apenas sugere possibilidades como:

- Se houver crescimento de Receita...

- Se não ultrapassar o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal...

- Não garante que a Incorporação seria no Piso da Carreira...

- E ainda, seria inconstitucional a forma que a emenda foi proposta e assinada por um Deputado Estadual, que por Lei não pode elaborar e nem assinar emenda de reajuste salarial dos/as servidores/as do Estado, pois qualquer despesa somente pode ser elaborada e assinada pelo Governador do Estado.

Diante desta situação, as lideranças sindicais, filiadas a FETEMS exigiram hoje (04 de abril), que os Deputados Estaduais não votassem essa emenda que não traria nenhuma garantia de futura de Incorporação do Abono.

"Continuamos de plantão com os Deputados Estaduais, onde outros projetos da categoria serão analisados e é de fundamental importância a participação de todos os SIMTED's e dos/as Trabalhadores/as Administrativos em Educação na assembleia geral de sexta-feira, que tem como pauta o indicativo de greve", pontua o Presidente da FETEMS, Jaime Teixeira.

Assembleia Geral Extraordinária com indicativo de greve por tempo indeterminado

O Presidente da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, no uso de suas atribuições legais, convoca (as)as Presidentes e Delegados(as) dos SIMTED's, Diretoria Executiva, Vice-Presidentes Regionais e Delegados(as) de Base da CNTE para uma Assembleia Geral Extraordinária, no dia 06 de abril de 2018, sexta-feira, às 09 horas, na sede da FETEMS, com a seguinte pauta:

- Deliberar Sobre o Indicativo de Greve por Tempo Indeterminado dos/as Trabalhadores/as Administrativos em Educação.

"A luta continua e a FETEMS é a maior entidade que representa e defende a valorização dos nossos/as Trabalhadores/as Administrativos em Educação e não fugirá das suas responsabilidades", finaliza o Presidente da FETEMS, Jaime Teixeira.

 

 

Assessoria