"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

07/04/2020 09:39 - Município de Aquidauana é condenado a pagar a diferença do Piso Salarial dos Professores de 2017 e 2018

Ação Civil Pública proposta pelo SIMTED-Aquidauana foi julgada procedente em 1ª Instância

No processo n. 0800176-57.2019.8.12.0005, que tramita na 1ª Vara Cível da Comarca de Aquidauana, proposto pelo Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Aquidauana (SIMTED), o Município foi condenado a pagar a diferença salarial do Piso Nacional dos Professores dos anos de 2017 e 2018.

De acordo com a sentença prolatada na última quarta-feira (01), o município terá que pagar a diferença de 7,64% do piso sobre os salários de janeiro a junho de 2017, bem como a diferença de 6,81% de janeiro a abril de 2018 e 3,86% de maio a setembro de 2018.

As partes foram intimadas da sentença, sendo que o Município pode recorrer da mesma. Se não houver recurso, o valor da condenação será apurado na liquidação da sentença, onde o SIMTED de Aquidauana irá apresentar a lista com todos os filiados profissionais do Magistério da educação básica do município.

O Presidente do Sindicato Francisco Tavares Câmara comemorou a sentença, afirmando que é uma vitória daqueles que constroem um país melhor.

Francisco ainda ressaltou, que nos anos de 2019 e 2020, o Município não cumpriu com o pagamento do Piso. Em 2019 nos meses de janeiro e fevereiro, e em 2020 nos meses de Janeiro, fevereiro e Março, razão pela qual irá tentar pactuar um acordo com o Poder Executivo para, além de receber os valores ganhos na ação, seja pago os meses desses anos.

O Sindicato Municipal de Aquidauana mostra sua força, na luta pela melhoria de condições aos trabalhadores em educação.

 

Por: Redação/William Escobar